Vantagens do porta-paletes convencionais: práticos e eficientes

Porta-paletes convencionais são uma das técnicas de armazenagem mais eficientes em armazéns e centros de distribuição. Sua estrutura, econômica e intuitiva, é uma aliada para aumentar a capacidade de estocagem de carga, com uma verticalização segura e operações bem eficientes.

Os empreendimentos que optam pelo porta-paletes convencionais são beneficiados com uma série de vantagens, que vamos explicar logo abaixo neste artigo. 

Vantagens do porta-paletes convencional

Como já adiantamos, os porta-paletes são estruturas metálicas verticais na qual os paletes são assentados com segurança e eficiência. Os silos cúbicos permitem a separação do peso da carga, não permitindo que a de cima faça pressão sobre os produtos da de baixo. Dessa forma, a integridade da carga é mantida e o armazenamento se dá de forma organizada.

Entre outras, as vantagens do porta-paletes convencional são:

Fácil acesso aos paletes: por meio de empilhadeiras, é possível alcançar os paletes em alturas cada vez maiores. As empilhadeiras têm evoluído tecnologicamente para tornar esse processo mais eficiente e automatizado.

Ganho de espaço: a verticalização proporciona o uso racional do espaço, com uma quantidade de carga maior disposta em um espaço reduzido. Quanto mais alto, mais capacidade de armazenagem. 

Seletividade: o operador logístico tem acesso a qualquer palete dentro do sistema a qualquer hora e momento, sem a necessidade de deslocamento de outras cargas para se ter acesso. É um dos maiores ganhos deste sistema.

Economia: das estruturas de estocagem existente, é a mais simples e de menor custo. A manutenção da sua estrutura metálica também não representa grandes custos ao operador.

Valor de revenda: em caso de atualização ou mudanças no armazém, os porta-paletes convencionais podem ser revendidos a outros operadores por valores interessantes.

Segurança: as estruturas metálicas são construídas dentro de normas técnicas específicas. Contatos mais fortes com empilhadeiras não comprometem os porta-paletes nem a carga deslocada. Avarias são facilmente reparadas com a devida manutenção.

Montagem: as estruturas do porta-paletes são facilmente montadas e desmontadas, sem a necessidade de técnicos especializados. Como não têm parafusos, podem ser remanejadas para outros lugares do armazém de forma rápida e simples, contribuindo para o redesenho do espaço.

Popularidade: é um sistema adotado por muitas empresas que trabalham com cargas paletizadas, o que mantém o porta-palete sempre atualizado, disponível no mercado e valorizado.

Informatização: é um sistema que, por sua simplicidade, se encaixa bem com a informatização. Softwares de automatização de processos são bem compatíveis com a dinâmica de trabalho dos porta-paletes.

Adaptabilidade: é possível construir a estrutura do porta-paletes para armazenar mercadorias de qualquer peso ou tamanho, além de a estrutura se adaptar a qualquer espaço.

Como é possível perceber, os porta-paletes convencionais são simples, eficientes e trazem grandes vantagens para armazéns e centros de distribuição. Para seu melhor funcionamento, recomenda-se usar empilhadeiras de qualidade e com uma boa base tecnológica.

Para receber nosso conteúdo no seu e-mail, assine a newsletter na Nigro Empilhadeiras.